Pantanal revela arquitetura centenária
12/12/2013

Fazenda em Cárceres, na região do Pantanal Matogrossense revela arquitetura centenária reminiscente da Guerra do Paraguai

Imagem integra livro “Projeto Taiamã, vida às margens do Pantanal”, lançado pela editora Avis Brasilis, com apoio do Ministério da Cultura e incentivos da Lei Rounet.

A obra reúne fotografias de Lester Scalon que captam, além da riqueza de habitats, fauna e flora da Estação Ecológica, as fazendas centenárias da região, reminiscentes da histórica guerra do Paraguai. O Pantanal foi palco desse cruel conflito da América do Sul entre 1864 e 1870. Mesmo com a vitória do Brasil e seus aliados, pouco restou das cidades e fazendas pantaneiras. Lester retrata em detalhes o que restou das antigas fazendas e permite ao leitor uma viagem pela nossa história.

Com o livro, autor e editora, com apoio do Ministério da Cultura, buscam contribuir para a melhoria da consciência e do conhecimento sobre a rica biodiversidade pantaneira, abrindo caminho para o desenvolvimento sustentável no presente e no futuro.

Ficha: Livro Taiamã, a vida às margens do Pantanal/ Autor: Lester Scalon ,fotográfo de natureza/ Editora: Avis Brasilis/ Apoio: Lei Rouanet – Lei de Incentivo a Cultura/ Patrocínio: CBMM – Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração| AvisBrasilis