Skydrive em Goiânia
28/12/2013

Skydrive Em Goiânia, o Victorian Living Desire será o primeiro residencial com com a tecnologia do skydrive do Centro-Oeste, o elevador que possibilitará ao morador estacionar o carro no andar de seu apartamento. Fora o Brasil, o skydrive só está presente em edifícios nos Estados Unidos e em Cingapura.

Skydrive no Victorian Living DesireAlém do interesse pela tecnologia do skydrive, outros diferenciais também chamaram a atenção. Para o coordenador de incorporações da Adão Imóveis, Rodrigo Simon Gruszezy, o consumidor de alto padrão tem buscado apartamentos maiores – que ofereçam o conforto de uma casa -, em localização estratégica para o seu dia a dia, próximo a restaurantes, escolas e shoppings centers, como é o caso do Victorian. “Detalhes agregados ao projeto, como o sol ser nascente e o acabamento da fachada, com materiais artesanais que remetem à era vitoriana, também chamaram a atenção”, afirmou o consultor.

O consultor imobiliário Leonardo Bessa teve a mesma impressão: “Percebi que meus clientes se sentiram atraídos pela arquitetura do Victorian, principalmente por causa da fachada”. Já o profissional de vendas Gilmar de Freitas foi além: “Meus clientes se interessaram pela personalização da planta e por diferenciais, como a automação, a manta acústica, os pontos de ar-condicionado e a segurança”.

Além dos diferenciais de arquitetura e de tecnologia inovadora, outro fator desperta o interesse do consumidor de alto padrão para o empreendimento: a localização. Em razão das dificuldades de mobilidade urbana, que se acentuam na capital goiana, muitos moradores têm buscado endereços que facilitam o cotidiano. No caso do público com maior poder aquisitivo, a maioria vive nos condomínios horizontais, que ficam nos extremos da cidade. Flávio Marini e Leila Bernardes perceberam o grande interesse dos visitantes pela localização do empreendimento: “Meu cliente frisou, três vezes, que o que mais chamou a atenção dele foi a ótima localização do residencial”, comentou Leila.

Para a corretora Gal de Oliveira, além da localização, a exclusividade do luxo e o valor da metragem do imóvel têm atraído a atenção dos clientes. “Apesar de ser um imóvel luxuoso, o valor ainda é considerado acessível em comparação com um um apartamento de luxo em cidades, como São Paulo e Rio de Janeiro”, afirmou.

O lançamento imobiliário do Victorian Living Desire vem ao encontro do movimento do mercado de luxo no Brasil que, via de regra, tem futuro próspero. A estimativa é que seu crescimento seja entre 10 e 20% ao ano, até 2020, alavancado pela expansão da riqueza no interior. São Paulo continua sendo o estado brasileiro com mais milionários – 49%, mas é no Centro-Oeste onde está a maior taxa de crescimento: a cada ano, o número cresce entre 10 a 20%. Um dos estímulos é a atividade agropecuária que, nos últimos 12 meses, subiu cerca de 13%. Os dados são MCF Consultoria.

SobreVictorian – Desenvolvido pelas incorporadoras GPL, Terral e Town, em torre única com inspiração na arquitetura inglesa, o Victorian Living Desire oferecerá 31 apartamentos – um por andar – de 404 metros quadrados, com sol nascente e pilares nas extremidades, favorecendo assim a personalização das plantas e grandes vãos de espaços. A suíte master terá mais que 54 metros quadrados; a cozinha, 30; já a sala de estar, integrada ao skydrive e à varanda com churrasqueira à carvão, chegará a 160 metros quadrados. Para o lazer, foi desenvolvido um modelo de uma casa de campo no terraço do empreendimento para proporcionar horas de relaxamento e tranquilidade, além de equipamentos no térreo. O paisagismo é de Benedito Abbud e promete surpreender na mistura de espécies ornamentais e frutíferas. Em relação à segurança, na portaria, as paredes em alvenaria serão reforçadas com concreto e portas da guarita terão blindagem de aço fortalecido. A organização da circulação interna por meio de acesso biométrico foi apenas uma das medidas desenvolvidas pela empresa de segurança TecnoSeg para o Victorian. Alguns itens só serão apresentados diretamente ao futuro morador. A medida faz parte do protocolo de segurança.

Ficha: Victorian Living Desire/ Rua 36 Quadra G16 Setor Marista, Goiânia, GO/ Área do Terreno: 1.148,65 m²/ Área Total Construída: 18.206,11 m²/ Número de pavimentos: 37/ Nº de unidades: 31 apartamentos, sendo um por andar/ Área privativa das unidades: 404,69 m²/ Nº de vagas de garagem por unidade: 5, sendo 4 vagas de garagem nos subsolos ou térreo e uma vaga por pavimento./ Arquitetura: Alexandre Leite/ Consultoria em arquitetura: Pablo Slemenson/ Arquitetura de interior: Juliana Atti/ Consultoria em mercado de luxo: MCF Consultoria/ Consultoria em segurança: Grupo TecnoSeg/ Elevadores: Atlas Schindler| VictorianLivingDesire