Archive for the ‘Edificação’ Category

Estudantes visitam CasaE
30/12/2013

Estudantes conhecem inovações em sustentabilidade e eficiência energética na CasaE

CasaE da BASFEstudantes de design de interiores e arquitetura da ETEC de Santo André e de projetos socioeducacionais coordenados pela BASF nas cidades de Guaratinguetá e São Bernardo do Campo encerraram o ano discutindo eficiência energética, sustentabilidade e inovações em construção. Durante visita à CasaE, a Casa de Eficiência Energética da BASF, em dezembro, eles vivenciaram uma experiência que amplia a visão sobre os desafios em construção sustentável e inspira novos talentos a atuar na área. Nos últimos dois meses, cerca de 200 estudantes conheceram o espaço e as tecnologias inéditas que permitem economia de até 70% no consumo de energia, além de redução no consumo de água e emissão de CO2. A Casa está localizada na Avenida Prof. Vicente Rao, zona sul de São Paulo, SP.

SobreCasaE – A CasaE é a primeira Casa de Eficiência Energética da BASF no Brasil e a 10ª unidade da empresa no mundo. O projeto recebeu soluções inovadoras desenvolvidas pela BASF e pelos parceiros envolvidos com o objetivo de reduzir o consumo de energia e a emissão de CO2.

O sistema construtivo é constituído de um painel de cerâmica estrutural e a fundação de alvenaria. As paredes, piso e laje foram executados em Sistema EIFS – Exterior Insulation and Finish Systems – que consiste em placas de poliestireno expandido Neopor sobre a construção tradicional. O Sistema ICF – Insulated Concrete Formwork– de tijolo feito com Neopor – poliestireno expandido – foi aplicado em uma das salas. Essas inovações, além de tornarem a obra mais rápida e limpa, são responsáveis por um isolamento térmico eficiente. A estimativa de economia de energia a partir das tecnologias implantadas pode chegar a cerca de 70%.

A BASF tem entre seus pilares a construção sustentável e oferece soluções voltadas à eficiência energética, além de materiais de alto desempenho, design e decoração. São plásticos, poliuretano, produtos químicos para construção, tintas, vernizes e pigmentos de última geração. Todos esses materiais foram aplicados na CasaE com o objetivo de mostrar ao mercado de construção o que existe de mais moderno em termos de obra de eficiência energética.

Serviço: Os interessados em conhecer o projeto podem agendar uma visita pelo e-mail casae@basf.com | CasaE

Primeiro Green Building da Hugo Peretti
30/12/2013

Green Building da Hugo PerettiA Construtora Hugo Peretti entregou o primeiro empreendimento Green Building, na modalidade Built to Suit (ou Construído para Servir, em tradução livre) da cidade de Curitiba, chamado Centro Empresarial Antonio Peretti. O imóvel foi construído a curtos prazos para a empresa Intertechne, atendendo os interesses técnicos, arquitetônicos e logísticos do locatário. Ou seja, sob medida para o cliente. A Saga Participações, representada pelas sócias Maria Gabriela Peretti e Sabrina Peretti Gurtensten é também parceira na construção do empreendimento.

O centro empresarial que abrigará a nova sede da Intertechne é ainda baseado no conceito Green Building (Construção Verde), que prevê a racionalização de recursos e o uso de avançadas tecnologias para minimizar os impactos negativos da construção no meio ambiente. Durante os processos de concepção, execução e operação, a utilização do conceito promove benefícios sociais, econômicos, ambientais e para a saúde humana. Esse sistema de construção segue os critérios do Green Building Rating System da certificação Leadearship in Energy and Environmental Design (LEED), criada pela Organização Não Governamental (ONG) norte-americana U.S. Green Building Council.

O empreendimento – O edifício, localizado no número 100 da Avenida Iguaçu, entre as ruas João Negrão e Rockefeller, tem área total de 9.500m², área privativa de 5.600m² e oito pavimentos. Para o diretor da Intertechne, Fernando Krempel, o empreendimento representa mais uma parceria de sucesso com a Construtora Hugo Peretti. “Atualmente somos os maiores locadores do edifício Laís Peretti, com cerca de 3.500m² distribuídos do nono ao décimo sexto andar. Entre os fatores que nos fizeram eleger a Hugo Peretti como a idealizadora de nosso edifício exclusivo está a qualidade construtiva e a confiança”, elogia. Ele explica que o novo prédio que abrigará a Intertechne conta com escritórios panorâmicos, adaptados às necessidades da empresa. O projeto arquitetônico leva a assinatura do escritório Realiza Arquitetura, especializado na construção de edifícios sustentáveis, sob o comando dos profissionais Frederico Carstens e Antonio José Gonçalves Junior.

SobreHugoA Hugo Peretti Companhia Ltda. foi fundada em Curitiba no dia 18 de janeiro de 1945, por Hugo Peretti, Engenheiro Civil formado pela Universidade Federal do Paraná. Pioneiro em soluções tecnológicas, Hugo Peretti fez inúmeras contribuições ao cenário da construção no Paraná. A empresa é responsável por obras reconhecidas, tais como o Victoria Villa Hotel, o Hospital São Lucas e também o Hospital Erasto Gaertner, sempre utilizando recursos próprios, característica que a empresa preserva ainda hoje. Atualmente, à frente da construtora estão os diretores Percy Peretti e Hugo Peretti Neto.| HugoPeretti

MVC concluirá 582 casas no RS
11/12/2013

São 150 unidades em Igrejinha, 100 em Farroupilha, 300 em Canoas e 32 em Canela para o Programa Minha Casa Minha Vida

Eduardo Kunst, diretor executivo das Empresas Artecola, acompanha construção das casas na cidade de Igrejinha

A MVC fará a entrega, até abril de 2014, de 582 novas casas construídas com a tecnologia Wall System, nas cidades gaúchas de Igrejinha, Farroupilha, Canoas e Canela. Os empreendimentos estão enquadrados no Programa Minha Casa Minha Vida para a faixa de 0 a 3 salários.

Em Igrejinha, as obras estão adiantadas, com o fornecimento do kit básico pela MVC e a responsabilidade pela entrega das casas prontas em Igrejinha e nas demais cidades do Rio Grande do Sul será da Construtora AYRES, de Sapiranga. As unidades têm 42,84 m2 de área construída, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, além de espaço livre em frente à casa para a possível ampliação de mais um quarto.

Até outubro de 2013 foram construídos mais de 200 mil m2 utilizando a tecnologia Wall System e existem casas na Serra Gaúcha com mais de 7 anos de uso. As entradas de novos pedidos não param de chegar, mas hoje a MVC está limitada à liberação prévia da CEF e a empresa já solicitou uma ampliação de volume.

Mais de 1.018 unidades serão construídas em um ano – Com essas casas, a MVC deverá fechar a construção de 1.018 unidades em um ano no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, sem incluir as creches que estão sendo iniciadas neste mês de novembro. Elas fazem parte do Programa PROINFÂNCIA – Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil, criado pelo governo federal (MEC e FNDE), que integra o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Ao todo, está prevista a construção de 1.400 creches (aproximadamente 1,3 milhão de m2), em diversos Estados brasileiros, até o final de 2014.

O Sistema Construtivo Wall System – Em vez dos materiais tradicionais, as casas e creches são construídas com sistema Wall System, com painéis do tipo sanduíche de lâminas em compósitos reforçados com fibra de vidro (similar ao que se usa em aviões, ônibus, barcos e trens), núcleos especiais que garantem o desempenho térmico, acústico e resistência a fogo. Para as casas a estrutura é metálica. Para as creches o sistema é ainda mais inovador e utiliza estrutura em perfis em compósitos de alto desempenho reforçado com fibra de vidro e produzidos pelo processo de pultrusão. Entre as vantagens em relação ao processo tradicional o sistema oferece maior velocidade de construção, durabilidade, resistência, flexibilidade, conforto térmico e acústico, obra limpa e desperdício zero.

Por se tratar de um sistema construtivo industrializado, a racionalidade dos processos garante maior velocidade na execução da obra, além de ser tecnicamente superior em relação aos padrões construtivos convencionais. As vantagens do Wall System vêm sendo comprovadas nos últimos oito anos de existência do projeto, quando as primeiras casas foram construídas em Caxias do Sul e também por todas as homologações e certificações, incluindo a norma de desempenho NBR 15.575.| MVC