O Espaço Público numa cidade desigual e segregada / Observatório das Metrópoles

TextoCompleto | observatoriodasmetropoles

Qual o papel dos espaços públicos nas cidades contemporâneas? As cidades, que se constituíram historicamente como espaços de liberdade — a “utopia do viver juntos” —, agora vivem um processo de diluição/restrição dos espaços públicos? Para debater o tema, o INCT Observatório das Metrópoles divulga a tese “O(s) Espaço(s) Público(s) numa cidade desigual e segregada”, do pesquisador Rafael de Aguiar Arantes. O trabalho analisa os usos dos espaços públicos de Salvador nas últimas décadas do século XX e as primeiras desse novo século, e mostra que as transformações recentes têm favorecido o avanço de formas de privatização e autossegregação. “Verifica-se em Salvador a proliferação de enclaves fortificados, privatização do carnaval, crescimento da violência, entre outros fatores, questões que têm contribuído para o abandono dos espaços da geografia pública, e a configuração de um modelo de sociabilidade pautada no medo e no preconceito”.

A tese “O(s) Espaço(s) Público(s) numa cidade desigual e segregada” é mais um resultado da Rede INCT Observatório das Metrópoles. Orientado pela profª Inaiá Maria Moreira de Carvalho, o trabalho foi defendido no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade Federal da Bahia (UFBA).>>>Mais

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: