Carlos Vainer na Inaugural do IAU-USP

Com o tema “Megaeventos e Cidade de Exceção”, o economista e sociólogo Carlos Vainer ministra a Aula Inaugural do curso de graduação do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) da USP nesta quarta-feira (26), às 14 horas, no Anfitetro Jorge Caron (campus I). O evento é aberto a toda a comunidade.
Carlos Vainer

Carlos Vainer coordena o Programa de Graduação em Gestão Pública para o Desenvolvimento Econômico e Social e o Curso de Especialização Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo

O título da Aula Inaugural, que trata da preocupação com os megaeventos, integra as preocupações de Carlos Vainer. E segundo ele particularmente em relação ao impacto dos mesmos na cidade do Rio de Janeiro, que abrigará alguns jogos da Copa de 2014, sobretudo a final, e as Olimpíadas de 2016. “Percebe-se que esses [os grandes eventos] estão pautando excessivamente, e de forma distorcida, as mudanças urbanas do Rio de Janeiro: em vez de Copa do Mundo e Olimpíada ajudar a cidade a alcançar um plano urbanístico válido por um longo prazo, a cidade é que está se adequando para acomodar os eventos esportivos. Em outras palavras, esse planejamento não está focado nos habitantes, o que nos permite dizer que a cidade está sendo vendida para outros interesses”, analisa o palestrante do evento do IAU.

A escolha do nome de Carlos Vainer se deu, segundo o diretor do IAU-USP, Carlos Martins, devido à atualidade do tema da Aula Inaugural com relação aos megaeventos que o país irá sediar nos próximos dois anos, além de suas imensas contribuições em diversas áreas do conhecimento, mais notadamente no Urbanismo.

Carlos Vainer é Doutor em Desenvolvimento Econômico e Social pela Université de Paris I Panthéon/Sorbonne e Professor Titular do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional (IPPUR) da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Atualmente, coordena o Programa de Graduação em Gestão Pública para o Desenvolvimento Econômico e Social e o Curso de Especialização Energia e Sociedade no Capitalismo Contemporâneo.

Participou como pesquisador e coordenador de vários projetos, programas e organismos. Dirigiu o Pôle d´Excellence Métropoles, Inégalités et Planification Démocratique (Agence Universitaire de la Francophonie 2007/2012). Integrou o Dams and Development Fórum/UNEP e a Comissão Especial sobre Violações dos Direitos Humanos Decorrentes da Implementação de Barragens, criada pela Resolução 26/2006 do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República.

Carlos Vainer lidera o ETTERN (Laboratório Estado, Trabalho, Território e Natureza), onde dirige a Rede de Observatório de Conflitos Urbanos, o Observatório Sócio-Ambiental de Barragens, a Assessoria Técnica e Educacional Meio Ambiente e Barragens e coordena o Núcleo Experimental de Planejamento Conflitual.

O professor da UFRJ tem desenvolvido e orientado pesquisas nas seguintes áreas: desenvolvimento regional e urbano, políticas urbanas, metodologias e modelos de planejamento, políticas migratórias, impactos sociais e ambientais de grandes barragens, conflitos sociais resultantes da implantação de grandes projetos, conflitos sociais urbanos, movimentos sociais urbanos, globalização e movimentos sociais comparados.| webIAU-USP

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: