Livro Cidade, Linguagem e Tecnologia

O livro “Cidade, Linguagem e Tecnologia: 20 anos de História”, organizado por Eduardo Guimarães e publicado de forma online no site do LABEURB foi lançado em dezembro

Cidade, Linguagem e TecnologiaEsta obra está articulada por dois eixos fundamentais. De um lado, é uma obra que reúne trabalhos vinculados à área de pesquisa “Saber Urbano e Linguagem”, que organiza as atividades de pesquisa do Laboratório de Estudos Urbanos, do Nudecri da Unicamp. Estes textos são de pesquisadores que têm relação com a história do Labeurb (tanto pesquisadores do próprio Labeurb, quanto de outras instituições que mantêm relações de trabalho com o Laboratório). Por outro lado é uma obra que se faz como parte do registro dos 20 anos de atividades do Laboratório (completados em 2012, momento em que se projetou a organização desta obra que ora se publica). E nesta medida é uma obra que reúne também poesia e um registro fotográfico de sua história. Deste modo ela cruza trabalhos que fazem operar de vários modos a multidisciplinaridade. De um lado cruza trabalhos de disciplinas científicas do domínio das ciências humanas e sociais e de outro cruza estes trabalhos com o domínio da arte, tanto porque se ocupa de análises sobre produções artísticas nos artigos de sua primeira parte, quando pela publicação de dois poemas e de um itinerário fotográfico-histórico.

O livro está disponivel nos formatos HTML, PDF e EPUB para dispositivos móveis.| Labeurb

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: