MVC concluirá 582 casas no RS

São 150 unidades em Igrejinha, 100 em Farroupilha, 300 em Canoas e 32 em Canela para o Programa Minha Casa Minha Vida

Eduardo Kunst, diretor executivo das Empresas Artecola, acompanha construção das casas na cidade de Igrejinha

A MVC fará a entrega, até abril de 2014, de 582 novas casas construídas com a tecnologia Wall System, nas cidades gaúchas de Igrejinha, Farroupilha, Canoas e Canela. Os empreendimentos estão enquadrados no Programa Minha Casa Minha Vida para a faixa de 0 a 3 salários.

Em Igrejinha, as obras estão adiantadas, com o fornecimento do kit básico pela MVC e a responsabilidade pela entrega das casas prontas em Igrejinha e nas demais cidades do Rio Grande do Sul será da Construtora AYRES, de Sapiranga. As unidades têm 42,84 m2 de área construída, com dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço, além de espaço livre em frente à casa para a possível ampliação de mais um quarto.

Até outubro de 2013 foram construídos mais de 200 mil m2 utilizando a tecnologia Wall System e existem casas na Serra Gaúcha com mais de 7 anos de uso. As entradas de novos pedidos não param de chegar, mas hoje a MVC está limitada à liberação prévia da CEF e a empresa já solicitou uma ampliação de volume.

Mais de 1.018 unidades serão construídas em um ano – Com essas casas, a MVC deverá fechar a construção de 1.018 unidades em um ano no Rio Grande do Sul e no Rio de Janeiro, sem incluir as creches que estão sendo iniciadas neste mês de novembro. Elas fazem parte do Programa PROINFÂNCIA – Programa Nacional de Reestruturação e Aparelhagem da Rede Escolar Pública de Educação Infantil, criado pelo governo federal (MEC e FNDE), que integra o Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Ao todo, está prevista a construção de 1.400 creches (aproximadamente 1,3 milhão de m2), em diversos Estados brasileiros, até o final de 2014.

O Sistema Construtivo Wall System – Em vez dos materiais tradicionais, as casas e creches são construídas com sistema Wall System, com painéis do tipo sanduíche de lâminas em compósitos reforçados com fibra de vidro (similar ao que se usa em aviões, ônibus, barcos e trens), núcleos especiais que garantem o desempenho térmico, acústico e resistência a fogo. Para as casas a estrutura é metálica. Para as creches o sistema é ainda mais inovador e utiliza estrutura em perfis em compósitos de alto desempenho reforçado com fibra de vidro e produzidos pelo processo de pultrusão. Entre as vantagens em relação ao processo tradicional o sistema oferece maior velocidade de construção, durabilidade, resistência, flexibilidade, conforto térmico e acústico, obra limpa e desperdício zero.

Por se tratar de um sistema construtivo industrializado, a racionalidade dos processos garante maior velocidade na execução da obra, além de ser tecnicamente superior em relação aos padrões construtivos convencionais. As vantagens do Wall System vêm sendo comprovadas nos últimos oito anos de existência do projeto, quando as primeiras casas foram construídas em Caxias do Sul e também por todas as homologações e certificações, incluindo a norma de desempenho NBR 15.575.| MVC

There are no comments on this post.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: